[ Matéria de Capa ],  Notícias | GERAL,  POLÍTICA

Governador Ibaneis Rocha quer o fim do passe livre em Brasília

eldogomes.com.br
Siga-me

O governo vai enviar à Câmara Legislativa nesta terça-feira (05/02) um projeto de lei que acaba com o Passe Livre Estudantil. O projeto de lei elaborado pelo GDF prevê que estudantes da rede pública ou os com renda familiar de até três salários mínimos matriculados em instituições privadas deverão pagar um terço do valor da passagem. Os alunos com renda acima desse patamar terão que pagar o valor integral. O Palácio do Buriti estima uma economia de pelo menos R$ 100 milhões com a medida, que deve gerar protestos e reação do movimento estudantil.

O DF gastou cerca de R$ 300 milhões no ano passado para garantir passagem grátis a todos os matriculados em instituições de ensino, públicas ou privadas. Na maioria das grandes cidades, as prefeituras concedem desconto de 50% na tarifa de estudantes ou asseguram catraca liberada apenas para alunos da rede pública ou bolsistas. O passe livre estudantil representou, em 2018, quase metade das gratuidades no transporte, que chegaram a R$ 600 milhões.


A oposição ao governador Ibaneis Rocha (MDB) reagiu rapidamente. Em nota, Fábio Félix (PSol) destacou que a mobilidade urbana é “um direito social” e afirmou que o projeto de lei “ataca uma conquista histórica dos estudantes do DF”. “O GDF caminha na contramão do que deveria ser o ideal: ampliação do benefício, já que o trajeto casa-escola não contempla todas as necessidades dos estudantes, que têm direito ao lazer, à cultura, à cidade”, argumentou.

CB.Poder, Correio Braziliense

Por 📸@EldoGomes | Jornalista e YouTuber.