[ Matéria de Capa ]

Cine Brasília recebe nova programação cultural para 2019

Em formato inédito para o local, modelo de colaboração voluntária dará diversidade à programação do espaço

Buscar sustentabilidade, garantir público, fomentar a cultura no Distrito Federal e reconstruir a identidade da cidade como um polo de consumo e de produção audiovisual. Este é o desafio de José Da Mata, que a partir de 24 de janeiro assume a programação do Cine Brasília. O programador responsável pela fundação de importantes projetos na cidade como o Cine Clube de Brasília, Cinema da Escola Parque de Brasília e do Centro de Cultura Cinematográfica, assume o compromisso de trazer uma programação completa e diversificada. Da Mata, como é conhecido, reforça que o Cine Brasília tem potencial para ser a principal sala de cinema do DF, pois o público local é historicamente ligado à sétima arte. “O apreço do brasiliense pelo audiovisual já é uma característica”, avalia DaMata.

Em sua segunda passagem como programador do Cine Brasília, onde atuou de 1985 a 1993, DaMata reconhece que o trabalho exige sensibilidade. Para ele, manter as características do cinema e garantir que o espaço seja um ponto de encontro e de debate cultural vai além da escolha dos filmes. “É preciso estar conectados com as pessoas, entender o que elas esperam desse espaço tão emblemático”, pontua.

DaMata assume como programador do Cine Brasília em um formato inédito de colaboração voluntária por dois meses. Após este período, poderá ser mantida a parceria ou abrir para que outros profissionais notórios da área contribuam com a programação. Segundo o secretário de Cultura, Adão Cândido, esta proposta visa valorizar o setor. “O modelo de voluntariado permite diversificar a programação, abrindo espaço para profissionais de todo o DF”, explica.

Programador de Ofício

Pioneiro em Brasília, José Da Mata chegou à cidade em 1965 e logo começou a viver e trabalhar com o audiovisual na cidade. Em 1968, fundou o Cine Clube do Cemab e no ano seguinte, junto com Walter Melo, Geraldo Sobral Rocha e Rogério Costa Rodrigues fundou a Associação do Cine Clube de Brasília.

No currículo, DaMata acumula a função de programador de espaços emblemáticos, como Cinema da Escola Parque, do Cine Cultura e do Centro de Criatividade da 508 sul. O trabalho, reconhecido pelo público da capital rendeu a ele por duas vezes a comenda da Ordem do Mérito Cultural do DF.

Conhecedor e estudioso do cinema, DaMata possui uma cinemateca própria com mais de 5 mil títulos, alguns dos quais raros em todo o mundo.

Por 📸@EldoGomes | Jornalista e YouTuber.