TURISMO

Conheça destinos internacionais neste final de ano sem gastar muito

eldogomes.com.br
Siga-me

Faltando menos de uma semana para o Natal e com o encarecer do dólar, muitos brasileiros têm repensado nos planos de passar as férias no exterior, principalmente nos destinos mais tradicionais como, por exemplo, Estados Unidos e Europa, onde o real perdeu ainda mais valor.   

No entanto, segundo a MeuCâmbio – marketplace de compra de moedas estrangeiras –, dependendo do destino, viajar para fora do país pode até ser mais econômico que viagens nacionais, como para o nordeste brasileiro.   

Para Mathias Fischer, diretor de estratégia e inovação da plataforma, o viajante poderá pagar menos em uma viagem internacional se estiver atento ao preço da moeda estrangeira. “Alguns destinos internacionais costumam sair mais barato para o viajante do que uma simples ida à Fortaleza, por exemplo, mas é preciso ficar atento, também, aos preços da moeda que o viajante vai comprar, seja o dólar turismo ou a moeda do país de destino, pois isso faz toda a diferença nos custos da viagem”.  

O especialista listou quatro destinos internacionais para viajar no final do ano sem gastar muito. Confira:

  1. Argentina

Conhecer países e cidades da América do Sul, especialmente Buenos Aires, que oferece opções para todos os gostos, é uma das melhores opções, pois oferece desde hotéis luxuosos até alternativas de baixo custo. A moeda local é o peso argentino, que obteve maior variação entre as casas de câmbios nos últimos 12 meses, segundo levantamento do Banco Central. Uma das vantagens de ir a países vizinhos é a possibilidade de conhecer novas culturas sem ir muito longe e ainda ter a opção de pagar a menor taxa cambial do mercado. Desde dezembro de 2018 o real obteve valorização de mais de 33% frente ao peso argentino.

  1. Peru

O Peru possui muitas opções de diversão para a noite e dia, principalmente na badalada capital, Lima, e a encantadora Cusco, famosa por ser próxima a Machu Picchu. Além disso, o novo sol peruano é a segunda moeda com maior diferença de preço entre as corretoras. 

  1. México

O México possui algumas das mais belas praias do mundo e, apesar das controvérsias, é uma das opções para se viajar nas férias sem gastar muito. Alternativas de hotéis all inclusive, onde você não tem gastos adicionais ou até acomodações alternativas como por exemplo, AirBnb, podem ajudá-lo a manter-se dentro do orçamento. A dica para não ser pego de surpresa com o sobe e desce das moedas é comprá-la de forma fracionada, assim você reduz o risco de exposição cambial em função do preço médio.

  1. Uruguai

Ir ao Uruguai é uma ótima escolha para quem gosta de praia. As cidades litorâneas como Montevidéu e Punta del Este oferecem belas paisagens e lugares refrescantes sem gastar muito. O peso uruguaio também sofreu desvalorização frente ao real neste ano, em mais de 10%. O país também vem fazendo políticas de devolução ou isenção de impostos para turistas. Devolução de 22% do IVA sobre serviços turísticos prestados a pessoas físicas, devolução de 10,5% para aluguel de imóveis e alíquota de imposto zero para hospedagens em hotéis são alguns destes benefícios.

Confira algumas dicas extras:

  • Levar dinheiro em espécie é a melhor forma de economizar durante uma viagem em função da menor cobrança do IOF, mas para casos de emergência, é bom reservar uma parte da quantia em um cartão pré-pago de sua preferência na moeda local;  
  • Muitas vezes é mais vantajoso comprar dólar no Brasil e vender os dólares no destino! Por mais que você esteja pagando duas comissões de câmbio, elas serão menores do que as cobradas para moedas exóticas;
  • Ao comprar moeda estrangeira de forma fracionada, fique de olho nos alertas de preços das corretoras, assim você sabe qual o melhor momento para comprar sem pagar altas taxas.

Por 📸@EldoGomes | Jornalista e YouTuber.