POLÍTICA

Brasília | Regras mais rígidas nas escolas públicas do DF

eldogomes.com.br
Siga-me

A Secretaria de Educação do Distrito Federal (SEDF) divulgou nesta terça-feira (30) um novo regimento a ser seguido nas escolas públicas da capital. Entre as regras previstas no documento estão a possibilidade de revista nos pertences de alunos por diretores, além de maior rigidez em casos de falta de uniforme e atrasos pelos estudantes.

Em entrevista à TV Globo nesta quarta-feira (1º), o secretário de Educação, Rafael Parente, disse que a principal mudança com o regimento interno é a clareza do que são os direitos, deveres e consequências em relação aos atos de infração e mau comportamento nas escolas do DF.

Parente defende que mesmo nos casos mais leves de indisciplina, a punição deve endurecer. “Esse regimento é essencial para que a gente deixe mais claro o que é um crime, o que é uma indisciplina e o que a gente precisa fazer. Como é que a gente pode empoderar e fortalecer os diretores e professores para que eles atuem nesses casos, tanto em relação a um crime – se precisa chamar a polícia ou conselho tutelar, por exemplo – e em relação aos atos de indisciplina mais leves, mas que também precisam endurecer. A gente precisa de mais ordem, mais tranquilidade.”

As medidas têm levantado críticas de educadores. Segundo o Sindicato dos Professores do DF (Sinpro-DF), mudanças são necessárias, mas a entidade questiona a forma como as regras foram definidas, sem participação da comunidade escolar.

Já a Secretaria de Educação afirma que o novo regimento pretende coibir situações de violência e sensação de impunidade nas escolas, além de garantir um ambiente “seguro, equilibrado e saudável” para os estudantes. Alega ainda que, até o dia 3 de maio, vai ouvir a comunidade escolar sobre as medidas.

G1

Por 📸@EldoGomes | Jornalista e YouTuber.