TECNOLOGIA

Biotic: a hora da cultura tecnológica na administração pública

Siga-me

eldogomes.com.br

Por 📸@EldoGomes | Jornalista e YouTuber.
eldogomes.com.br
Siga-me

Conceitos e soluções relacionadas a governo, tecnologia e empresas foram o centro do debate do evento “Cibersegurança: usuários, corporações e nações sob ataque”, realizado no Parque Tecnológico (Biotic), na Granja do Torto. O chamado tech talk, promovido pelo Biotic em parceria com veículos de comunicação e apoio do Banco de Brasília (BRB), foi aberto nesta segunda-feira (23) com a fala do governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha.

Em seu discurso, Ibaneis Rocha apontou a necessidade de o Governo do Distrito Federal investir cada vez mais e avançar em soluções na área. Ele destacou que os órgãos da administração pública precisam reforçar a segurança nos dados e informações, abraçando o conceito de cultura tecnológica.

Ibaneis também explicou como a atual gestão tem atuado para suprir essas demandas. Citou ações do Banco de Brasília no âmbito do Biotic, o desejo de integração das folhas de compra e de pagamento dentro dos órgãos da administração pública, a construção da Universidade Distrital e a viabilização de um gasoduto ligando Brasília a São Paulo.

“O Biotic vem com essa finalidade de reunir tecnologia, estudos e cultura. Quero implementar esse trabalho [no Distrito Federal]. Brasília tem tudo para ser esse grande centro tecnológico”, aposta Ibaneis.

Parte dessas medidas saiu do papel. Na quinta-feira (19), o Governo do Distrito Federal assinou termo de cessão de uso de um dos blocos construídos do parque tecnológico que serão utilizados pelo Banco de Brasília.

O espaço, de 1.682 metros quadrados, vai abrigar o centro de inovação BRB Lab. Com essa iniciativa e aporte de R$ 15 milhões o banco espera estimular o empreendedorismo voltado às tecnologias, bem como a economia do DF.

A Agência de Desenvolvimento (Terracap), a qual a Biotic é vinculada, também delimitou o espaço destinado à construção da Universidade Distrital. Com a área definida, os próximos passos são o projeto e a licitação da universidade, que terá o foco em ciência e tecnologia.

A conectividade 5G a ser explorada dentro do Biotic é outra ação do GDF nesse sentido. Em junho, o governo local firmou parceria com a empresa chinesa Huawei para testes da tecnologia dentro do parque.

Durante a roda de debates, palestrantes e participantes discutiram temas como segurança nas organizações, 5G, Lei Geral de Proteção de Dados e privacidade na web, entre outros que possam ser aproveitados e gerar lições para a administração pública.

FONTE: AGÊNCIA BRASÍLIA

Por 📸@EldoGomes | Jornalista e YouTuber.